Novo marqueteiro de Alckmin diz que 'foi pego de surpresa'

Raul Cruz Lima, que assumiu campanha no lugar de Lucas Pacheco, diz estar confiante e ficará 'full time' em SP

Andréia Sadi, do estadao.com.br,

11 de setembro de 2008 | 23h15

O novo marqueteiro de Geraldo Alckmin à Prefeitura de São Paulo, Raul Cruz Lima, diz que foi "pego de surpresa" quando foi convidado para assumir a campanha do candidato tucano no lugar do publicitário Lucas Pacheco. Na última quarta, Pacheco saiu da campanha de Alckmin, pois vinha sendo criticado por suas estratégia nos programas de TV. Alckmin disputa o segundo lugar na eleição, segundo pesquisas recentes liderada pela petista, com o atual prefeito Gilberto Kassab (DEM), que vem subindo nas pesquisas.  Veja também:Especial: Perfil dos candidatosNovo marqueteiro já gravouBlog: propostas dos candidatos de São Paulo na sabatina do 'Grupo Estado'Veja gráfico com a última pesquisa Ibope/Estado/TV GloboVereador digital: Conheça os candidatos à Câmara de SP Tire suas dúvidas sobre as eleições de outubro Lima diz que "estava cuidando da campanha" em Ribeirão Preto da candidata do DEM, Darcy Veras, que lá (Ribeirão) está praticamente resolvido e "aí dividiram a equipe". Lima ficará "full time" em São Paulo. Ele afirma ainda estar confiante e animado. Acredita que Alckmin é um candidato diferenciado. "Quando acabar essa guerra de obras, vão aparecer as pessoas do jeito que elas são. Isso diferencia. Essa guerra de obras é pensada", afirmou sem citar nomes.  Oficialmente, é Lima, de 61 anos, um dos publicitários mais premiados de São Paulo, quem vai tocar o marketing da campanha de Alckmin em São Paulo. Mas ele fará uma dobradinha com o filho do publicitário baiano Marcelo Simões, o Marcelinho. Com longa experiência em publicidade, mas pouca em campanha política, Lima será apoiado por Simões, que já integrou a equipe de Duda Mendonça e de João Santana, atual consultor do Palácio do Planalto e marqueteiro da candidata do PT, Marta Suplicy.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.