Reprodução/Facebook/@RodrigoPaivaNovo
Reprodução/Facebook/@RodrigoPaivaNovo

Novo indica empresário do setor de software para prefeitura de Belo Horizonte

Candidato foi confirmado em convenção do partido realizada pela internet

Leonardo Augusto, Especial para o Estadão, O Estado de S.Paulo

01 de setembro de 2020 | 22h09

BELO HORIZONTE - Definido em processo interno do partido Novo, o empresário do setor de software Rodrigo Paiva foi oficializado nesta terça-feira, 1, candidato da legenda à Prefeitura de Belo Horizonte, em convenção realizada via internet. Paiva havia vencido, em disputa interna, o ex-vereador Mateus Simões, que atualmente é secretário-geral na administração de Romeu Zema, o único governador do Novo no País.

A disputa é estratégica para o governador, que tem pela frente não só a possibilidade de colocar o Novo para comandar uma das principais capitais do país, mas também tentativa de derrotar o prefeito Alexandre Kalil (PSD), candidato à reeleição, enfraquecendo-o para uma possível candidatura ao Palácio Tiradentes em 2022.

Já candidato, Paiva disse que pretende municipalizar todo o ensino da primeira à nona série do fundamental e tornar Belo Horizonte "a cidade mais inovadora" do País. Ele deixou a presidência da Companhia de Tecnologia e Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge) para entrar na disputa. A médica Patrícia Albergaria, também filiada ao Novo, é a candidata a vice.

Para Entender

Calendário Estadão

As datas, definições partidárias, candidaturas e a cobertura especial do jornal das campanhas pelo País e nos Estados Unidos

A convenção teria transmissão pelas redes sociais, mas o partido recuou da decisão, depois de reunião com advogados, conforme Paiva. A legenda, porém, informou que "motivos técnicos" impediram a transmissão. Apesar de ser chapa única, os cerca de 700 filiados em condições de votar precisaram referendar a chapa.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.