Novo governo, novo discurso de Dilma

Veja as diferenças entre os pronunciamentos que a presidente fez no domingo e em 2010, quando chegou pela 1ª vez à Presidência

O Estado de S. Paulo

28 de outubro de 2014 | 03h00

 UNIÃO________________________________________

2010

Dilma disse que estenderia a sua mão aos partidos de oposição e que seria a "presidenta de todos os brasileiros e brasileiras".

"Passada a eleição, é hora de trabalho. Passado o debate de projetos, é hora de união. União pela educação, pelo desenvolvimento, pelo País. Convido a todos, independente de cor partidária, para uma ação pelo futuro do País"

2014

Após a eleição mais acirrada desde a redemocratização, Dilma conclama os brasileiros a se unir a "favor do futuro da nossa pátria"

"Não acredito, sinceramente, que essas eleições tenham dividido o País ao meio. Entendo, sim, que elas mobilizaram ideias e emoções às vezes contraditórias, mas unidas por sentimentos comuns: a busca por um futuro melhor para o País"

REFORMA POLÍTICA________________________________

2010

Apesar de ser uma bandeira antiga do PT, o tema foi apenas mencionado por Dilma. Ela disse ser preciso melhorar a qualidade da política.

"Nosso País precisa ainda melhorar a conduta e a qualidade da política. Quero empenhar, junto com todos os partidos, por uma reforma política, que eleve os valores republicanos, fazendo avançar nossa jovem democracia"

2014

Principal compromisso assumido por Dilma anteontem. Ao sugerir um plebiscito, ela tenta retomar o plano que propôs após as manifestações de junho de 2013.

"Meu compromisso, como ficou claro durante toda a campanha, é deflagrar essa reforma. Que deve ser realizada por meio de uma consulta popular. Como instrumento dessa consulta, o plebiscito, nós vamos encontrar a força e a legitimidade exigidas"

 CORRUPÇÃO______________________________________

2010

Sem citar a palavra corrupção, Dilma afirmou que iria "valorizar" a transparência e que seria "rígida" na defesa do interesse público.

"Afirmo com clareza que valorizarei a transparência na administração pública. Não haverá compromisso com o erro, o desvio e o malfeito. Serei rígida na defesa do interesse público em todos os níveis de meu governo"

2014

Disse que terá como "compromisso rigoroso" o combate à corrupção e que iria propor mudanças na legislação atual  para acabar com a impunidade.

"Terei um compromisso rigoroso com o combate à corrupção e com a proposição de mudanças na legislação atual para acabar com a impunidade. Ao longo da campanha, anunciei medidas que serão importantes para a sociedade e para o País"

 ECONOMIA_______________________________________

2010

Falou do combate à inflação, de aumentar a qualidade do gasto público, simplificar o sistema tributário e melhorar os serviços públicos, sem cortar os gastos com os sociais.

"Cuidaremos de nossa economia com toda a responsabilidade. O povo não aceita mais a inflação como solução irresponsável para eventuais desequilíbrios. O povo não aceita que governos gastem acima do que seja sustentável"

2014

Diante da desaceleração da economia, Dilma prometeu retomar o crescimento econômico, combater a inflação e recuperar a responsabilidade fiscal.

"Promoverei ações locais para retomar o nosso ritmo de crescimento e para continuar com a garantia de níveis altos de emprego e assegurar os salários. Seguirei combatendo com rigor a inflação e avançando no terreno da responsabilidade fiscal"

 MULHERES E MINORIA_______________________________

2010

Eleita a primeira mulher presidente do Brasil, começou o seu discurso reiterando o compromisso com o segmento. Também disse que iria trabalhar pelos "mais necessitados".

"O meu 1.° compromisso após a eleição será honrar as mulheres para que esse fato até hoje inédito se transforme num evento natural. A igualdade de oportunidades entre homens e mulheres é princípio essencial da democracia"

2014

Não dá destaque para o fato de ser mulher, mas cita muito brevemente que continuará trabalhando pelo direito de segmentos específicos, como os jovens.

"Eu sei da responsabilidade que pesa sobre meus ombros. Vamos continuar a construir um País mais moderno, produtivo, um país das oportunidades. Um Brasil que cuida das pessoas com olhar especial para as mulheres, os negros e os jovens"

 EDUCAÇÃO E SAÚDE_______________________________

2010

Sem dar detalhes do que faria em seu mandato, se comprometeu melhorar a qualidade da educação e dos serviços de saúde, e defendeu o desenvolvimento sustentável.

"A visão moderna do desenvolvimento é aquela que valoriza o trabalhador e sua família, o cidadão e sua comunidade, oferecendo acesso à educação e saúde de qualidade. É aquela que convive com o meio ambiente sem agredi-lo"

2014

Apesar de ser a queixa número um dos brasileiros, Dilma não falou sobre saúde. Ela afirmou que o País precisa investir mais em educação, cultura e ciência.

"É hora de cada um de nós acreditar no Brasil. O Brasil que cada vez é mais voltado para a educação, para a cultura, para a ciência e para a inovação. Vamos nos dar as mãos e avançar nesta caminhada que vai nos ajudar a construir o presente e o futuro"

 LULA__________________________________________

2010

O então presidente Lula não foi à festa da comemoração da vitória de Dilma. Ela deixou para o fim do discurso o agradecimento ao padrinho político.

"A tarefa de sucedê-lo é difícil, mas saberei honrar este legado. Aprendi com ele que quando se governa pensando no interesse público e nos mais necessitados, uma imensa força brota do povo e nos ajuda a governar"

2014

Ao lado do ex-presidente, Dilma começou o seu discurso agradecendo o padrinho político. Ambos vestiam branco e se deram um longo abraço.

"Queria cumprimentar a todos e agradecer a cada um de vocês. Começo saudando o presidente Lula. Eu faço um agradecimento do fundo do meu coração a um militante, número um, das causas do povo e do Brasil, o presidente Lula"

OUTROS TEMAS_______________________________________

Combate à miséria

Elegeu como seu maior compromisso a erradicação da miséria. "Não podemos descansar enquanto houver brasileiros com fome", disse.

Mercado interno e política externa

Com a crise econômica internacional, destacou o papel do mercado interno para o crescimento econômico, sem descuidar das relações internacionais.

Pré-sal

Na ocasião, a presidente se comprometeu com a aprovação de um fundo social do pré-sal e com um marco regulatório para o modelo de partilha do pré-sal.

Diálogo

Depois de quatro anos no governo, assume como primeiro compromisso do segundo mandato o "diálogo" com os diferentes segmentos da sociedade.

Respeito à democracia e aos direitos humanos

Comprometeu-se em seu discurso com a valorização da democracia e o respeito aos direitos universais e humanos, como a liberdade de imprensa e religiosa.

Microempreendedor

Destacou a valorização dos microempreendedores individuais e falou sobre a importância de simplificar a cobrança de tributos dessa categoria.

Imprensa

Fez um agradecimento à imprensa, setor rotineiramente criticado por Lula. "Prefiro o barulho da imprensa livre ao silêncio das ditaduras", disse.

Mudança

Admite que o tema que dominou essa campanha foi o desejo de mudança e se compromete a fazer "as grandes mudanças que a sociedade exige".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.