No trem, Serra é cobrado por passageiros

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, fez campanha na tarde de ontem no sistema de trens e metrô da cidade. Serra, que já foi prefeito da capital paulista e governador do Estado, ouviu reclamações de usuários sobre a qualidade do transporte sobre trilhos e foi "convocado" por passageiros a viajar no horário de pico.

O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2012 | 03h08

"Serra, vem às 6 da tarde! Agora tá tranquilo!", gritou um passageiro no vagão lotado de políticos, jornalistas e assessores. "Vem às 5 da manhã!", provocou outro usuário.

Acompanhado do governador Geraldo Alckmin (PSDB), o tucano começou a viagem pela Linha 9 (Esmeralda) da CPTM e pela Linha 4 (Amarela) do Metrô às 13horas, quando o tráfego de passageiros é menor do que nas primeiras horas da noite. As duas são consideradas as melhores linhas do sistema.

Seus aliados defenderam a gestão e responderam aos passageiros que Serra e Alckmin encomendaram novos trens com ar-condicionado e investiram na expansão do sistema de transportes.

Dois dias antes, o Estado havia revelado que o candidato do PSDB tem usado helicópteros para seus deslocamentos na cidade durante a campanha. / B.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.