Agência Brasil/Rodger Timm/Ascom PSDB/Divulgação
Agência Brasil/Rodger Timm/Ascom PSDB/Divulgação

No RS, Leite (PSDB) e Sartori (MDB) devem se enfrentar no segundo turno, aponta Ibope

Tucano registra 38% dos votos válidos e emedebista tem 32%; para o Senado, Paulo Paim (PT) e José Fogaça (MDB) lideram

Filipe Strazzer, O Estado de S.Paulo

06 Outubro 2018 | 20h32

Mais recente pesquisa Ibope indica que os candidatos ao governo gaúcho nas eleições 2018 Eduardo Leite (PSDB) e José Ivo Sartori (MDB) devem se enfrentar no segundo turno. O levantamento divulgado neste sábado, 6, aponta o tucano com 38% dos votos válidos, ante 32% do emedebista. A margem de erro é de 2 pontos.

Miguel Rossetto (PT) tem 14% dos votos válidos e é seguido por Jairo Jorge (PDT), com 11%. Mateus Bandeira (Novo) registra 3%. Júlio Flores (PSTU), Roberto Robaina (PSOL) e Paulo de Oliveira (PCO) têm 1% cada. Os votos válidos são aqueles contabilizados após descarte dos votos brancos e votos nulos.

Nos votos totais, considerando brancos e nulos, Eduardo Leite tem 34% das intenções de voto - crescimento de 4 pontos em relação ao levantamento anterior, divulgado em 27 de setembro. José Ivo Sartori, candidato à reeleição, oscilou de 29% para 28%.

Miguel Rossetto ficou com os mesmos 12% da pesquisa anterior. Jairo Jorge oscilou para cima, de 8% para 9%. Mateus Bandeira tinha 1% e agora está com 2%. Júlio Flores, Roberto Robaina e Paulo de Oliveira se mantiveram com 1%. Brancos e nulos somam 5%. Não sabe ou não respondeu, 7%.

Tucano também lidera cenários de segundo turno

Num segundo turno entre Leite e Sartori, o tucano registra 50% das intenções de voto, ante 34% do emedebista. Brancos e nulos são 11%, não sabe ou não respondeu, 5%.

Se a disputa for entre PSDB e PT, Eduardo Leite tem 58% das intenções e Miguel Rossetto, 24%. Brancos e nulos somam 10%. Não sabe ou não respondeu são 8%.

No cenário Sartori contra Rossetto, o candidato à reeleição tem 47%. O petista registra 35%. Brancos e nulos são 12%, não sabe ou não respondeu, 6%.

Sartori possui maior rejeição

Sartori registra 31% da rejeição dos eleitores gaúchos nas eleições 2018, segundo o Ibope; Miguel Rossetto, 21%; Júlio Flores, 14%; Roberto Robaina, 12%; Eduardo Leite, 9%; Jairo Jorge, 9%; Mateus Bandeira, 8%; Paulo de Oliveira, 6%. Não sabe ou não respondeu são 20%.

O Ibope ouviu 1.806 pessoas, entre os dias 4 e 6 de outubro. A pesquisa foi encomendada pelo Grupo RBS e registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo RS-08318/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-01489/2018.

Senado

Na disputa ao Senado pelo RS, a pesquisa aponta Paulo Paim (PT) e José Fogaça (MDB) à frente. O petista tem 23% dos votos válidos, enquanto o emedebista registra 20%, tecnicamente empatados. A margem de erro é de 2 pontos.

Em seguida, aparece Beto Albuquerque (PSB), com 16% dos votos válidos - empatado no limite da margem de erro com Fogaça. Luis Carlos Heinze (PP) tem 12%. Abigail Pereira (PCdoB) e Carmen Flores registram 8%.

Sandra Weber (Solidariedade) tem 3%. Ana Varela (Podemos) e João Augusto (PSTU), 2%. Cleber Soares (PCB), Machado (DC), Mário Bernd (PPS), Marli Schaule (PSTU) e Luiz Delvair (PCO) registraram 1%. Romer Guex tem não pontuou. 

Considerando os votos totais - contabilizando os brancos e nulos -, Paulo Paim tem 35% das intenções, 3 pontos a mais que o registrado no levantamento anterior, do dia 28 de setembro. José Fogaça oscilou 2 pontos para baixo e está com 31%.

Beto Albuquerque tem 24%, oscilando 2 pontos para cima ante última pesquisa. Luis Carlos Heinze cresceu 7 pontos, foi de 11% para 18%. Carmen Flores tinha 8% e agora está com 13%. Abigail Pereira cresceu 4 pontos e foi para 12%. Sandra Weber permaneceu com 4%.

Ana Varela está com 3%. João Augusto, Cleber Soares e Mário Bernd têm 2%. Machado, Marli Schaule, Luiz Delvair e Romer Guex têm 1%. Brancos e nulos para a primeira vaga somam 9%, para a segunda vaga, 14% - e 26% não souberam ou não quiseram responder.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.