No Rio, Paes terá o apoio do PSB no segundo turno

Peemedebista está em negociação com PT e PDT; já Fernando Gabeira, do PV, terá apoio do DEM

Agência Brasil

07 de outubro de 2008 | 17h41

O candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, do PMDB, fechou nesta terça-feira, 7,  um acordo para receber apoio do PSB no segundo turno das eleições no município, no próximo dia 26. O partido de Paes também está em fase de negociação com o PT e o PDT.  Veja Também:DEM fecha apoio e Gabeira diz que partido é 'bem-vindo'Especial: Perfil dos candidatos no Rio  Vereador digital: Depoimentos e perfis de candidatos em São Paulo   Tire suas dúvidas sobre as eleições  O candidato fez  uma pequena caminhada em Campo Grande, na zona oeste da cidade. Uma reunião do diretório municipal do DEM decidiu na última segunda-feira, por unanimidade, fechar apoio ao candidato do PV à prefeitura do Rio, o deputado federal Fernando Gabeira.  Segundo a sua assessoria, Gabeira não participou da reunião , mas foi comunicado da decisão e disse, por meio de sua assessoria, que o apoio é "bem-vindo". Todos os apoios são bem-vindos, desde que sejam respeitados os princípios básicos da campanha, que, neste caso, é a não-ocupação da máquina da Prefeitura por políticos", disse ao estadao.com.br.  (com Andréia Sadi, do estadao.com.br)

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2008Eduardo PaesPMDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.