Divulgação
Divulgação

No Rio de Janeiro, Paes aparece com 24% das intenções de voto nas eleições 2018, aponta pesquisa

Em segundo lugar está o candidato Romário, do Podemos, com 18%

Mateus Fagundes, O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2018 | 20h10

A diferença entre Eduardo Paes (DEM) e Romário (Podemos) subiu de três para seis pontos porcentuais, de acordo com pesquisa Ibope divulgada na noite desta quarta-feira, 19. Ainda assim, os dois permanecem em situação de empate técnico nas eleições 2018, considerando-se a margem de erro de três pontos porcentuais.

A intenção de voto em Paes oscilou de 23% para 24%, enquanto a de Romário foi de 20% para 18%. No limite da margem de erro, o candidato do Podemos aparece tecnicamente empatado com Anthony Garotinho (PRP), que manteve os 12% do levantamento passado.

Tarcísio Motta (PSOL) oscilou de 5% para 4%. Indio da Costa (PSD) manteve os 4% da pesquisa anterior, enquanto Pedro Fernandes (PDT) permaneceu com 2%. Márcia Tiburi (PT) foi de 1% para 2%, mesma oscilação de Wilson Witzel (PSC). Marcelo Trindade (Novo) passou de 2% para 1%. Apareceram com 1% André Monteiro (PRTB), Dayse Oliveira (PSTU) e Luiz Eugenio (PCO).

Votos brancos e nulos permaneceram em 20%. Não souberam ou não responderam foram de 9% para 8%.

Paes e Romário mantém a situação de empate no embate de segundo turno. O ex-prefeito do Rio tem 37% e o senador, 31%. Brancos e nulos são 29% e não souberam ou não opinaram, 4%.

O candidato do DEM venceria Garotinho por 41% a 24%. Nesta simulação, brancos e nulos são 32% e não souberam ou não responderam, 3%.

O ex-governador também perderia para Romário, por 38% a 25%. Brancos e nulos são 33% e não souberam ou não opinaram, 4%.

A esquisa foi encomendada pela TV Globo e pela Editora Globo, que edita o jornal O Globo. O nível de confiança utilizado é de 95%. Foram ouvidos 1.512 eleitores em 42 cidades do Estado do Rio de Janeiro entre 16 e 18 de setembro. O registro no TRE é o RJ-00470/2018 e no TSE é o BR-07567/2018. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.