No Rio, Crivella se mantém líder, mas 2º turno ainda é incógnita

Pesquisa aponta candidato do PRB com 38% e empate técnico entre Marcelo Freixo, que tem 14%, Pedro Paulo (PMDB),com 11%, Flávio Bolsonaro (PSC), com 10%, e Índio da Costa (PSD), com 10%

Roberta Pennafort, O Estado de S.Paulo

01 de outubro de 2016 | 20h42

RIO - Pesquisa Ibope para a prefeitura do Rio, divulgada neste sábado, 1º, indica que o 2º turno das eleições na cidade ainda está indefinido. Marcelo Crivella (PRB), continua na liderança, com 38% dos votos válidos. O candidato do PSOL Marcelo Freixo, tem 14%, em empate técnico com Pedro Paulo (PMDB), que tem 11%, Flávio Bolsonaro (PSC), com 10%, e Índio da Costa (PSD), com 10%. Jandira Feghali (PCdoB) tem 7% e Osorio (PSDB), 6%. A pesquisa considera os votos válidos, que excluem os nulos, brancos e também os eleitores que se declararam ainda indecisos. 

Na pesquisa anterior, publicada na quarta-feira, 28, Crivella tinha 42% dos votos válidos. O levantamento divulgado neste sábado foi feito entre quinta-feira, 29 e este sábado, e foi impactado pelo debate entre os candidatos realizado pela TV Globo na quinta-feira.

O Ibope também fez cinco simulações para o segundo turno, que mostraram que o candidato Índio da Costa é o que teria mais chances na corrida com Crivella. Teria 27% das intenções de voto, contra 45% do candidato do PRB. Com Freixo, o cenário seria 47% contra 25%; com Bolsonaro, 48% contra 21%, com Jandira, 49% contra 21%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.