No Recife, petistas comemoram vitória de Dilma

Praça do Marco Zero e os arredores do Recife Antigo estão tomados por eleitores da presidente reeleita

Clarissa Thomé , O Estado de S. Paulo

26 de outubro de 2014 | 20h46

A Praça do Marco Zero e os arredores do Recife Antigo estão tomados por eleitores da presidente Dilma Rousseff. Assim que os primeiros resultados foram divulgados, a população agitou bandeiras e começou a entoar "Olê, olê, olá / Dilma, Dilma". 

"É a vitória do povo. É só isso o que eu tenho a dizer", afirmou, emocionada, a promotora de Justiça Henriqueta Albuquerque, quando foi anunciado o primeiro resultado parcial, com 95% das urnas apuradas. Com um turbante vermelho,  ela se movia como porta-bandeira entre as mesas colocadas em volta da Praça do Arsenal.

No Marco Zero, a professora universitária Constança Barbosa,  de 65 anos, sósia de Dilma,  toda vestida de vermelho e com faixa presidencial, era requisitada para fotos. "Agora é melhorar. O PT tem que melhorar. Demos muita força pra Dilma.  Ela agora tem que dar uma resposta firme pra corrupção", afirmou. Ela contou que só agora na eleição a semelhança entre ela e Dilma começou a ser apontada e ela entrou na brincadeira.

A estudante Júlia Malheiros, de 18 anos, comemorava os primeiros resultados com o namorado,  o músico Rafael de Queiroz, de 22 anos. "Vou começar a universidade pública e sei que vou encontrar um lugar muito melhor do que havia antes do governo dela. Espero que continue a melhorar, afirmou. Queiroz se queixou que o ma da cultura ficou esquecido na campanha.  "Ouvimos mais acusações do que debates. Espero que ela olhe mais para a cultura".

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesdilma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.