No mesmo palco, Haddad e Bruno Covas levam vaias

Dois dos pré-candidatos à Prefeitura de São Paulo, o ministro petista Fernando Haddad (Educação) e o secretário estadual tucano Bruno Covas (Meio Ambiente), se encontraram ontem na comemoração de Natal dos moradores de rua e catadores de material reciclável, no Sindicato dos Bancários. Ambos foram alvo de vaias de parte da plateia.

O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2011 | 03h07

Bruno foi o único tucano presente ao evento, do qual tradicionalmente participam lideranças petistas. O secretário esteve na comemoração para assinar convênio com entidades que trabalham com material reciclável.

Quando foi apresentado pelo locutor, Bruno foi aplaudido pela plateia, formada por mais de 500 pessoas. Já Haddad recebeu vaias quando o seu nome foi lido pelo mestre de cerimônia.

Minutos depois, na hora de assinar o convênio, o nome de Bruno foi novamente mencionado. Nesse momento, ele também foi alvo de algumas vaias.

Questionado sobre o motivo das manifestações, Haddad disse: "Não tenho ideia". Para alguns petistas, movimentos sociais ligados à senadora Marta Suplicy, que perdeu para o ministro a vaga no PT para disputar a Prefeitura, promoveram as vaias.

O ex-presidente Lula, que participa do encontro todo Natal, não foi à comemoração deste ano, por causa do tratamento contra um câncer na laringe. / J.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.