Nelsinho Trad busca apoio de Marina após Rede vetar aliança

Partido ligado a ex-ministra é contra ao apoio do PSB ao candidato do PMDB ao governo do Mato Grosso do Sul por causa da ligação da legenda com agronegócio

GUSTAVO PORTO, Agência Estado

28 de agosto de 2014 | 15h32

Sertãozinho - O candidato do PMDB ao governo de Mato Grosso do Sul, Nelsinho Trad, buscou nesta quinta-feira, 28, o apoio da candidata a presidente Marina Silva (PSB) para sua campanha no Estado. O encontro, realizado antes de Marina entrar no local onde ocorre Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética (Fenasucro), em Sertãozinho (SP), visa tentar derrubar o veto da Rede, corrente de Marina, à candidatura de Trad em Mato Grosso do Sul.

Apesar de o PSB indicar a candidata a vice de Trad, a Rede proibiu a imagem de Marina em materiais de campanha da coligação em Mato Grosso do Sul. "Entreguei para ela o programa de governo e no final de semana ela vai se reunir com o staff dela e definir a situação do apoio. Mas acho que não deverá ter problemas para ela ir ao Mato Grosso do Sul", disse ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado. "No Estado temos candidato do PT e do PSDB e nós, com o PSB."

Marina tradicionalmente se coloca em favor dos direitos dos indígenas nas disputas com produtores rurais e sua imagem enfrenta resistência em Estados com forte presença do agronegócio, como é o caso do Mato Grosso do Sul.

A aliança entre PSB e o PMDB no Estado foi firmada com o ex-governador Eduardo Campos. Após sua morte, Trad disse que aguardaria a nova chapa presidencial se posicionar sobre os compromissos estaduais.

A candidata do PSB chegou por volta das 14h30 ao evento, se reuniu com empresários da indústria de base e vai falar para uma plateia estimada em 200 pessoas no evento, antes de visitar a feira. A ida de Marina ao evento é vista como uma tentativa de a candidata se aproximar de representantes do agronegócio.

Mais conteúdo sobre:
ELEIÇÕESMARINANelson Trad

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.