Na véspera, Garcez e Cachoeira falam sobre venda de casa

Um dia antes de ser registrada a negociação do imóvel de Marconi Perillo, Carlinhos Cachoeira e Wladimir Garcez conversaram ao menos duas vezes sobre a venda de uma casa. Em uma escuta da Operação Monte Carlo, às 8h25 de 12 de julho de 2011, a PF registrou: "Wladimir diz que vai encontrar com Jayme. Carlinhos diz que é para Wladimir pegar o dinheiro urgente. Conversam sobre a venda de uma casa". Não há a transcrição da conversa, de 1m48s. Às 8h53, novo registro. Este diz explicitamente tratar-se de Jayme Rincón, homem-forte do governo. "Wladimir diz que já falou com Jayme Rincón sobre a venda da casa e está tudo certo." A conversa durou 58 segundos e também não há transcrição. A PF registrou ainda um diálogo de Cachoeira com um homem chamado Rogério. "Carlinhos diz que é para Rogério deixar as contas com o professor Walter Paulo, da Faculdade Padrão, que foi quem comprou a casa no Alphaville." / FERNANDO GALLO

O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2012 | 06h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.