Na conversa, Perillo vira 'excomungado'

A Polícia Federal também grampeou o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) criticando o governador de seu Estado e aliado na política, Marconi Perillo (PSDB). Em 12 julho do ano passado, o parlamentar conversa com Carlos Cachoeira sobre a Delta Construções, cujos interesses, em alguns negócios, estariam sendo contrariados no governo. A empreiteira estaria tendo dificuldades na condução de um contrato, pois o Estado teria dado preferência à Queiroz Galvão e à Odebrecht. "Avisa eles que eu larguei de mão, vou largar de mão desse governo", reclama Cachoeira. "Tem de largar mesmo, isso aí (Marconi) é um excomungado", reage Demóstenes. / A.R. e F.F.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.