Mulher de candidato cassado pelo TSE é eleita em TO

Como Wilson de Carvalho (PPS) foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) antes mesmo de assumir o cargo, pouco mais de 5 mil eleitores voltaram às urnas ontem em Ananás (TO) para decidir quem deve ser o novo prefeito da cidade. Venceu a mulher de Carvalho, Raimunda Rosa de Carvalho (DEM), com 52,56% dos votos válidos. Detalhe: ela será diplomada sub judice e também pode ser cassada pelo TSE.O juiz da 12ª Zona Eleitoral do Tocantins, Ocelio Nobre da Silva, lembrou que não está descartada uma terceira eleição em Ananás. Raimunda era funcionária pública estadual e não se afastou do cargo no prazo previsto pela lei - três meses antes da votação. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Tocantins deferiu a sua candidatura, mas a Procuradoria Eleitoral pediu a sua cassação ao TSE. O caso está na fila do órgão para ser analisado.A polêmica não pára aí. A Polícia Federal cumpriu ontem seis mandados de busca e apreensão e o material será analisado pela procuradoria. Foram registrados casos de compra de voto e transporte irregular de eleitores. Carvalho foi cassado porque teria adquirido um carro de passeio com dinheiro do Fundo Nacional de Saúde (FNS) reservado para adquirir uma ambulância. Procurada ontem, Raimunda não foi localizada. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.