MPF sugere e outra obra da empreiteira para em São Paulo

A prefeitura de Americana, a 126 quilômetros de São Paulo, suspendeu obras do Parque Linear, que vinham sendo executadas por consórcio liderado pela Delta. O município acatou recomendação do Ministério Público Federal (MPF) para interromper os trabalhos até a apuração de denúncias de irregularidades.

O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2012 | 03h09

As obras, do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), foram licitadas por R$ 74,9 milhões, mas há suspeita de medições excessivas e superfaturamento. Além do parque, o contrato previa canalização de córregos e obras na Avenida Brasil. A licitação foi vencida em 2010 porconsórcio integrado por Delta e Construtora Estrutural.

As denúncias foram levadas ao MPF por comissão da Câmara. Ela revelou que o projeto foi alterado à revelia do Ministério das Cidades e o custo estaria 70% maior. Durante a investigação, a prefeitura rompeu o contrato alegando atraso superior a 120 dias nas obras. / JOSÉ MARIA TOMAZELA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.