AYRTON VIGNOLA/AE
AYRTON VIGNOLA/AE

MP propõe ação de impugnação da candidatura de Dr. Hélio em Campinas

Ex-prefeito teve contas rejeitadas em dois mandatos; PDT diz que vai recorrer

Cláudio Liza Júnior, especial para o ‘Estadão’

03 de outubro de 2020 | 16h02

O Ministério Público Eleitoral em Campinas ingressou com ação de impugnação da candidatura do ex-prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT). O motivo são rejeições de contas em seus dois mandatos, pelo Tribunal de Contas e Câmara, caracterizando malversação do dinheiro público, diz o MP. O foco são contas de convênios e repasses a entidades. O pedido foi protocolado nesta sexta-feira, 2, na Justiça.

Hélio foi cassado pela Câmara acusado de omissão frente a casos de corrupção, em 2011. Ele nega irregularidades e diz que pode concorrer pois cumpriu oito anos de inelegibilidade. Sobre a rejeição de contas, alega que não valeriam porque os julgamentos ocorreram fora do prazo legal. O PDT afirma confiar na Justiça e trabalhar “para restabelecer a verdade”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.