MP paulista terá verba para alimentação

O Ministério Público de São Paulo vai pagar auxílio-alimentação a seus promotores e procuradores a partir de setembro. O benefício, no valor de R$ 29/dia, tem caráter indenizatório e será concedido "em razão dos dias efetivamente trabalhados". A medida foi tomada pela Procuradoria-Geral de Justiça, que acolheu deliberação do Órgão Especial do Colégio de Procuradores. Não farão jus ao auxílio os membros do MP afastados da carreira. O efeito financeiro será retroativo ao período não alcançado pela prescrição e será saldado, com acréscimo de correção, "em conformidade com a disponibilidade orçamentária". A verba já é paga a todos os MPs e Tribunais de Justiça por força de Resolução do Conselho Nacional de Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.