Wilson Pedrosa/Agência Estado
Wilson Pedrosa/Agência Estado

Morre Joaquim Roriz, ex-governador do DF

Político governou o Distrito Federal por quatro mandatos

O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2018 | 08h13
Atualizado 27 de setembro de 2018 | 09h34

Morreu às 7h50 desta quinta-feira, 27, aos 82 anos, o ex-governador do Distritito Federal Joaquim Roriz. Ele estava internado no Hospital Brasília há mais de um mês e, na quarta-feira, 25, sofreu um infarto, o que agravou seu quadro de saúde. O ex-governador estava com diabetes, insuficiência renal e também estava tendo perda de memória. 

Desde o ano passado, sofria com o agravamento do quadro de saúde por causa da diabetes e teve parte de uma das pernas amputada no ano passado. No momento da morte, ele estava acompanhado da família no hospital. Ainda não há informações sobre o velório do ex-governador.

Joaquim Roriz era um dos políticos locais mais influentes do Distrito Federal, que governou por quatro mandatos (1988-1990, 1991-1995, 1999-2003 e 2003-2006). No primeiro, foi indicado pelo presidente, já que na época o Distrito Federal não podia eleger seus governadores. Em 1991, foi o primeiro governador eleito da região. 

Antes de atuar como político no Distrito Federal, Roriz foi deputado estadual, federal e vice-governador de Goiás, onde nasceu. 

Em 2002, chegou a ser eleito senador, mas renunciou ao mandato cinco meses depois de assumir para escapar de um processo de cassação. Roriz deixa a mulher, três filhos e quatro netos.

Tudo o que sabemos sobre:
Joaquim Roriz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.