Ministro prevê saída de Aécio do PSDB e oferece PMDB

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse hoje que considera "muito provável" uma eventual saída do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, do PSDB e afirmou que o PMDB está de "braços abertos" para recebê-lo. Para o ministro, caso queira ser candidato à Presidência em 2010, Aécio precisa ter a "coragem de mudar de partido", pois a candidatura do governador de São Paulo, José Serra, está "muito consolidada" na legenda tucana. "Nós peemedebistas estamos de braços abertos para recebê-lo, se amanhã ele quiser mudar de partido e é muito provável que venha acontecer. Nós mineiros lamentamos o fato de que, sendo ele do PSDB, ele fica limitado em suas andanças e proposições como candidato a presidente da República", afirmou Costa. "Se quiser ser candidato a presidente, vai ter que ter a coragem de mudar de partido, porque no PSDB o candidato chama-se José Serra."O governador mineiro tem repetido que não pretende deixar o PSDB e que espera aproveitar a boa relação com os peemedebistas para atrair o partido para uma aliança com os tucanos em 2010. Na terça-feira, ele disse que "ninguém governará o Brasil nos próximos anos sem uma presença importante ou sem a participação do PMDB". O ministro esteve na Assembléia Legislativa de Minas, onde assinou outorga para a concessão de sinal aberto à TV da Casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.