MARCIO RIBEIRO
MARCIO RIBEIRO

Ministro da Justiça gravou vídeos pedindo votos a candidato a vereador de Ribeirão Preto

Alexandre Moraes aparece nas imagens com Bertinho Scandiuzzi (PSDB), que tenta a reeleição; a gravação surpreendeu políticos de partidos da base aliada do presidente Michel Temer (PMDB) que são do interior de São Paulo

Igor Gadelha, O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2016 | 14h27

BRASÍLIA - Até então com uma discreta atuação político-partidária, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes (PSDB), chegou a gravar vídeos pedindo votos a candidatos a vereador em Ribeirão Preto (SP) nesse domingo, 25, além de participar de evento de campanha a prefeito da cidade do deputado federal Duarte Nogueira, do PSDB. 

Moraes gravou um vídeo pedindo votos para o vereador Bertinho Scandiuzzi, que tenta reeleição pelo mesmo partido do ministro, o PSDB. "Amigos, estou aqui com Bertinho Scandiuzzi, 45000, pedindo apoio para ele para vereador. Uma pessoa competente, honesta. Ribeirão merece um vereador assim", afirmou o ministro em um vídeo de 13 segundos. 

A gravação surpreendeu políticos de partidos da base aliada do presidente Michel Temer (PMDB) que são do interior de São Paulo. Em reservado, deputados da região estranharam a gravação dos vídeos e a participação de Moraes em eventos de campanha. Lembram que o ministro não tinha costume de atuar como cabo eleitoral, principalmente no interior do Estado. 

A passagem de Moraes por Ribeirão Preto nesse domingo causou polêmica. Em evento de campanha de Nogueira, o ministro antecipou a 35ª fase da Operação Lava Jato, realizada nesta segunda-feira e que prendeu Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e que tem seu berço político naquele município. 

"Teve a semana passada e esta semana vai ter mais, podem ficar tranquilos. Quando vocês virem esta semana, vão se lembrar de mim", disse ontem o ministro, responsável pela pasta à qual responde a Polícia Federal, ao ser cobrado pela continuidade da Operação Lava Jato por membros do Movimento Brasil Limpo de Ribeirão Preto.

Confira o vídeo:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.