Ministro continua negociação para evitar as prévias

O ministro da Educação, Fernando Haddad (PT), disse que continuará negociando para tentar evitar as prévias do partido para a escolha do candidato à Prefeitura paulistana. O primeiro turno das prévias está marcado para o dia 27.

O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2011 | 03h05

"Vamos continuar o diálogo com os pré-candidatos", disse ontem de manhã o ministro, tido como favorito para a indicação, por contar com apoio da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No evento de ontem cedo, em uma igreja da Assembleia de Deus em Guaianases, Haddad prometeu incorporar propostas dos demais candidatos - e a estratégia já lhe garantiu, ontem mesmo, a saída do senador Eduardo Suplicy.

Ao final do encontro, o PT informou, em seu site paulistano, ter reunido cerca de 6.500 militantes, somados os encontros de suas três "caravanas zonais" - em Guaianases, Vila Matilde e São Mateus. / W. A.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.