Ministro alega que Congresso elevou verba para PE

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, atribuiu ontem à bancada pernambucana no Congresso o volume de recursos que o Estado obteve em 2011 para prevenção de cheias. O ministro disse que a proposta orçamentária de 2011 foi enviada ao Legislativo prevendo R$ 68 milhões para prevenção das enchentes, mas, por iniciativa de deputados e senadores, cresceu para mais de R$ 700 milhões.

O Estado de S.Paulo

06 de janeiro de 2012 | 03h06

"Portanto, o fato de Pernambuco ter recebido mais emendas dos seus próprios parlamentares não é uma ação do ministro ou do governo federal", afirmou, após reunião com o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), para discutir a situação dos municípios atingidos pelas chuvas nos últimos dias. Ao lado do ministro, Cabral mostrou-se solidário ao governo federal. "O ministro foi parceiro em 2011", afirmou.

Bezerra disse ainda ter telefonado para o líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno, para que o deputado encaminhasse os requerimentos necessários para que, na terça-feira, ele compareça ao Congresso para dar explicações sobre o caso. / WILSON TOSTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.