Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Mineiro dá espaço para paulistas no final do programa

Para tentar buscar a unidade do PSDB e fazer uma deferência à ala paulista do tucanato, que em parte reluta em aceitar a candidatura de Aécio Neves (PSDB-MG) à Presidência da República, o programa de ontem do PSDB mostrou trechos dos discursos feitos pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e pelo ex-governador José Serra na convenção tucana de duas semanas atrás que elegeu o senador mineiro presidente nacional do partido.

O Estado de S.Paulo

31 de maio de 2013 | 02h06

Desafeto de Aécio, Serra é o mais resistente entre os paulistas a declarar apoio à candidatura do senador. No programa, o ex-governador paulista aparece dizendo que o projeto do PSDB "é o projeto de defender a democracia, a liberdade, a independência dos poderes e a decência na vida pública". Alckmin declara que a convenção "é a festa da unidade do PSDB" e que todos ali estão "unidos para servir o Brasil". Embora tenha feito diversos gestos favoráveis a Aécio, o governador de São Paulo nunca explicitou textualmente apoio à candidatura do mineiro em 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.