Mesário é dispensado por boca de urna

Um mesário foi dispensado em Cuiabá pela juíza da 1.ª Zona Eleitoral, Gleide Bispo dos Santos, por fazer boca de urna para o candidato Mauro Mendes (PSB). Ele foi flagrado pelos fiscais do PT e denunciado por eleitores no Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). "Ele dizia à população: 'Vote consciente, vote 40'", contou Carlos Gabriel, coordenador de fiscalização da coligação petista. Em Cuiabá, 2 das 1.060 urnas eletrônicas tiveram de ser substituídas porque apresentaram falhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.