Mesária embriagada é detida

Após atrapalhar votação no Rio Grande do Sul, mulher irá responder processo

Fabiana Marchezi do estadao.com.br,

05 de outubro de 2008 | 18h51

Os colegas de seção e os eleitores estranharam o comportamento de uma mesária, na escola Rui Poester Peixoto, no bairro de São Miguel, em Rio Grande, no Rio Grande do Sul.  Veja Também: Cobertura completa das eleições 2008 Especial: Perfil dos candidatos Eu prometo: Veja as promessas de campanha dos candidatos TSE registra 168 prisões e casos de 509 irregularidades Imagens da votação pelo Brasil   De acordo com o jornal Zero Hora, a mesária cumpria as tarefas com dificuldades e perturbava o andamento do processo eleitoral. Seu jeito de agir, de acordo com quem esteve no local, dava sinais de embriaguez. O caso foi relatado pelo site do jornal "Zero Hora". A 163ª Zona Eleitoral determinou o afastamento da mulher tão logo foi constatada a sua condição. De acordo com a Justiça Eleitoral, a mesária irá responder a processo. As informações são do jornal Zero Hora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.