Mesa afirma que licitação pode ter outros veículos

A 2ª Secretaria da Mesa Diretora, comandada pelo deputado Aldo Demarchi (DEM) afirmou, em nota, que "segundo apurado em procedimento de instrução voltado à aquisição de novos veículos, não é somente o veículo da marca Toyota que atende as exigências constantes do edital de licitação". Contudo, a secretaria não informou quais outros veículos poderiam disputar a licitação. Segundo ela, os veículos estão sendo trocados porque os deputados vêm reclamando que "os gastos com manutenção dos veículos atuais têm sido cada vez mais elevados, na medida em que os carros vão aumentando sua respectiva quilometragem".

O Estado de S.Paulo

12 de janeiro de 2013 | 02h03

A nota diz também que em média os carros já rodaram 70 mil quilômetros e lembra que uma das principais atribuições do deputado é a "atividade de representação" e que sua rotina exige "estar presente na região onde recebeu os votos".

A secretaria afirma que os itens mais citados nas reclamações são "os pneus duros devido ao perfil atual, de 45, ser baixo e menos seguro; o alto consumo de combustível em virtude de o motor ser de 8 válvulas; além do pouco espaço interno".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.