Mercadante terá participação 'cuidadosa' na campanha

O ministro da Educação, Aloízio Mercadante, que participou em Buenos Aires de uma reunião de cúpula de ministros da Educação do Mercosul em Buenos Aires, afirmou aos correspondentes brasileiros que suas eventuais participações na campanha eleitoral será "cuidadosa", já que a educação é sua prioridade.

ARIEL PALACIOS, Agência Estado

07 de junho de 2012 | 20h04

"A minha função é a função republicana. E eu tenho que lidar com todos os prefeitos que estão hoje no Brasil e os que estarão. Eu tenho um compromisso partidário que é público, todos sabem, com o PT. Se eu tiver alguma participação na campanha será muito cuidadosa. O que o Brasil precisa é que a área da educação suba no palanque. Porque, se tivermos divergências partidárias, isso prejudicará o pacto educativo que temos que preservar. Meu tempo de senador acabou. Não tenho comentado nada sobre as eleições. Meu papel é cuidar da educação, que já é um problema muito grande...".

Mercadante evitou referências diretas sobre Marta Suplicy. Para esquivar o assunto, respondeu - sorrindo - com uma pergunta aos correspondentes brasileiros: "sobre educação, o que mais querem saber?"

Tudo o que sabemos sobre:
eleição 2012Mercadanteeducação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.