Mensagem de Rosemary atribui 'força' a JD, sigla para José Dirceu

Relatório da PF transcreve sequência de mensagens entre Rosemary e irmãos Vieira em que a sigla aparece

Fausto Macedo, Fernando Gallo e Bruno Boghossian, de O Estado de S.Paulo

30 de novembro de 2012 | 02h00

O relatório R9 da Polícia Federal transcreve uma sequência de mensagens em que é citada a sigla JD. Para os investigadores, é referência ao ex-ministro José Dirceu, com quem Rosemary Noronha trabalhou na Câmara dos Deputados. "Ele (Dirceu) aparece em remissão que ela faz. Falei com fulano. Falei com JD. É isso que ela fala. É óbvio que JD é ele", disse a procuradora da República Suzana Fairbanks. "Eles não tinham nem preocupação em mudar. Eles falavam, segundo eles, em código. Só que os códigos eram ridículos."

No dia 25 de março Paulo pede a Rose ajuda para disputar o cargo de diretor da ANA. Paulo acredita que um pedido pessoal de Rose a JD ganhará muita força para conseguir uma diretoria na referida agência, diz o relatório. "Na minha modesta opinião um pedido pessoal seu ao JD tratando a questão como de interesse pessoal seu ganha muito mais força", escreveu Paulo.

E 13 de abril de 2009, Paulo escreve a Rose sobre Bruno Pagnoccheschi e Dalvino Troccoli. "São os caras que hoje estão lá. Acredito que foram nomeados pela Marina e pela burocracia", em alusão à Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente.

Quarenta minutos depois, Rose responde: "Ok. Já estou agendando a conversa com o JD". Ela menciona o então líder do PT na Câmara, Cândido Vaccarezza. "A agenda com o Dep. Vacarezza vai ficar para dia 24."

O ex-diretor da Anac, Rubens Vieira, irmão de Paulo, escreveu a Rose às 16h41: "E aí, alguma novidade do nosso caso aqui?". Cinco minutos depois, ela devolveu: "Sim o PR falou comigo hoje disse que na 3.ª-feira quando voltar dos USA resolve tudo do seu caso." E anota ainda: "Você não vem pra festa do JD?".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.