Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Meirelles defende participação de Haddad em debates: 'Ele é o candidato do PT'

Emedebista diz que ausência da chapa petista cria um 'vácuo' nos debates das eleições 2018

Lorenna Rodrigues e Renan Truffi, O Estado de S.Paulo

14 Agosto 2018 | 14h06

BRASÍLIA - O candidato à Presidência da República Henrique Meirelles (MDB) defendeu a participação do hoje candidato a vice-presidente na chapa do PT, Fernando Haddad, em debates e eventos com presidenciáveis das eleições 2018. O partido utiliza o ex-prefeito de São Paulo como porta-voz da campanha que tem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado e preso na Lava Jato, como líder da chapa.

"Quem se apresenta hoje como candidato é Haddad", afirmou Meirelles. "É o candidato do partido e é com ele que vamos discutir. Acho que quanto mais debate melhor. Vamos debater com quem aparecer". O emedebista disse ainda que o País vive uma situação "muito estranha" com ninguém representando um partido como o PT. "É um vácuo", afirmou.

Em evento com presidenciáveis promovido pela União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS), Meirelles ainda criticou o que chamada de candidaturas "profissionais". "Valorizo as carreiras daqueles que se dedicam à vida política. (Minha crítica é) ao candidato profissional, aquele que está sempre querendo ser eleito. Já não é a primeira vez que (Geraldo Alckmin, do PSDB) se candidata", afirmou.

Meirelles disse ainda que não é muito conhecido da população porque não foi candidato, e se diz confiante de que pode melhorar seu desempenho em pesquisas de intenção de voto. "No momento em que meu nome e histórico passam a ser conhecidos, a intenção de voto aumenta", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.