Daniel Teixxeira/Estadão
Daniel Teixxeira/Estadão

Matarazzo vota em São Paulo e fala em campanha 'exótica' para prefeitura

Com 2% dos votos válidos, segundo o Ibope, candidato do PSD não quis falar sobre segundo turno: 'Tudo tem seu tempo'

Gilberto Amendola, O Estado de S.Paulo

15 de novembro de 2020 | 11h01

O candidato à Prefeitura de São Paulo Andrea Matarazzo (PSD) votou na manhã deste domingo, 15, no colégio Dante Alighieri, na Alameda Jaú. Com 2% dos votos válidos, segundo pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo divulgada no sábado, Matarazzo não quis comentar sobre um eventual apoio no segundo turno. “Tudo tem o seu tempo, sua hora para acontecer. Tem que esperar a abertura das urnas”, disse.

Acompanhado do presidente do PSD e ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e diversos postulantes à uma vaga na Câmara Municipal, como Dr. Bactéria, Matarazzo disse que essa campanha foi “exótica” em consequência da pandemia e dos protocolos de distanciamento. “Fazer campanha de máscara, quando seria necessário mostrar o rosto”, disse. “A falta de debates prejudicou muito. Políticos de plantão e celebridades tiveram vantagem.”

Sobre as próprias chances na eleição, Matarazzo declarou: “Vencer é um sonho, perder é do jogo”. Na saída, o candidato parou em uma barraquinha para comer um pastel e tomar uma coca light.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.