SERGIO CASTRO
SERGIO CASTRO

Marta Suplicy vota em São Paulo e faz críticas à gestão Haddad

Candidata voltou a criticar a gestão Fernando Haddad (PT) e garantiu que o seu eventual governo não ficará restrito ao gabinete

Alexandre Hisayasu, O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2016 | 10h53

SÃO PAULO - A candidata Marta Suplicy  (PMDB) disse que diante do cenário indefinido e "enrolado" para o 2° turno, espera que "o cenário fique desenrolado pra mim". Marta votou, às 10h, no Colégio Madre Alix,  nos Jardins. Ela chegou acompanhada por Andrea  Matarazzo (candidato a vice-prefeito) e assessores.

Ela voltou a criticar a gestão Fernando Haddad (PT) e garantiu que o seu eventual governo não ficará restrito ao gabinete. "Sou alguém que conhece palmo a palmo  dessa cidade. Tenho capacidade de fazer e de realizar. E sei governar para os que mais precisam. O atual prefeito trabalha com R$ 50 bilhões, eu trabalhei com R$ 13 bilhões e fiz muito mais".

Marta minimizou o fato de não acompanhar  e não ser acompanhada pelo presidente Michel Temer (PMDB) na votação. "Não há problema nenhum. Eu vim acompanhada pelo presidente municipal do meu partido e também pelo meu vice".

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.