'Marta perdeu o eixo da campanha', diz Kassab

O prefeito e candidato à reeleição Gilberto Kassab (DEM) resumiu ontem em uma frase como vê a conduta da adversária, Marta Suplicy (PT), no segundo turno da disputa pela Prefeitura de São Paulo, que se encerra no próximo domingo. "Ela perdeu o eixo da campanha."Em entrevista no início da noite à Rádio Eldorado, o prefeito acusou a petista de ter feito uma campanha pautada pela "baixaria". À provocação feita ontem por Marta - ela disse que o adversário deveria tomar cuidado com o "salto alto" nesta reta final -, Kassab, seguindo à risca a estratégia de não entrar em confronto, disse que continuará fazendo uma campanha com "muita humildade". E emendou: "Não foi uma campanha de propostas. Foi uma campanha de muita baixaria."Em relação à permanência do PSDB na prefeitura, principal aliado da atual gestão, Kassab adiantou que alterações no secretariado passarão por "consultas" a todos os partidos de sua coligação. Ele também afirmou que recorrerá da decisão de ontem da Justiça Eleitoral que multou sua campanha em R$ 5 mil por ter usado no material de divulgação o cheque de R$ 198 milhões dado na semana passada ao governo estadual para investimentos no metrô. Com uma vantagem de 17 pontos porcentuais em relação a Marta, conforme pesquisa Ibope contratada pelo Estado e TV Globo divulgada anteontem, Kassab mostrou-se bem-humorado, brincou com a perda de alguns quilos na maratona eleitoral, mas admitiu cansaço. "Estou bastante cansado, mas feliz." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.