Marta falta e não justifica ausência

Uma das ausências mais sentidas na festa de aniversário do PT, a senadora Marta Suplicy (SP)limitou-se a enviar uma nota, lida pelo cerimonial, parabenizando Dilma Rousseff e Lula pelos seus governos. Na mensagem, a senadora ignorou solenemente Fernando Haddad, por quem foi preterida para concorrer à Prefeitura paulistana. Também não faz referência aos motivos de sua falta. Ela lembrou na carta que o PT deve manter as bandeiras que marcaram a trajetória do partido. "Sempre conseguimos fazer valer nossas bandeiras históricas. É fundamental seguir avançando nas conquistas sociais, sem abrir mão de nossos princípios, o anseio da população que vê no partido janela para um Brasil mais justo e é o que nos trouxe e nos mantém no poder", escreveu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.