Marta afirma ter convicção de que será eleita

'Estamos, desde o início, variando entre 35% e 40% das intenções de voto, isso é consolidação', disse a candidata

Carolina Ruhman, Agência Estado

24 de setembro de 2008 | 17h09

A candidata à Prefeitura de São Paulo pelo PT, Marta Suplicy, disse nesta quarta-feira, 24, que a eleição municipal está ganha. "Eu tenho certeza que vou ganhar", disse, após realizar um comício no Jardim Jaqueline, no Butantã, zona oeste da capital paulista. "Nós estamos, desde o início, variando entre 35% e 40% (das intenções de voto), isso é consolidação. Nós estamos indo para o segundo turno, e aí a disputa é acirrada, é voto a voto", afirmou, mas ressaltando acreditar que vence a disputa.     Veja também: Especial: Perfil dos candidatos  Blog: propostas dos candidatos de São Paulo na sabatina do 'Grupo Estado' Marta tem 37%; Alckmin e Kassab estão empatados, diz pesquisa Ibope: Veja números das últimas pesquisas  Marta aponta Dilma em 2010, mas diz que sonha ser presidenteA candidata da coligação "Uma Nova Atitude para São Paulo" (PT-PCdoB-PDT-PTN-PRB-PSB) criticou, novamente, o confronto entre o candidato Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Gilberto Kassab (DEM), candidato à reeleição, classificando-a como "disputa de poder". Marta afirmou que busca no segundo turno o voto do eleitor de quem não for para a nova fase da disputa, e acrescentou: "Vai chegar um momento que o eleitor de um vai estar tão ofendido, que vai procurar uma alternativa."Ela declarou não estar preocupada com a possibilidade de a troca de farpas entre Alckmin - "São Paulo, na Melhor Direção" (PSDB-PTB-PHS-PSL-PSDC), e Kassab, da coligação "São Paulo no Rumo Certo"(DEM-PR-PMDB-PRP-PV-PSC), tirá-la do foco da campanha, faltando pouco mais de uma semana para o primeiro turno. "Esse tipo de holofote ninguém precisa. Que fique iluminando bastante para o lado deles", opinou.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2008SPSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.