Marqueteiro já atua em visual de Haddad

Responsável por campanhas de Lula e Dilma, João Santana trabalha imagem de ex-ministro

FERNANDO GALLO, O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2012 | 03h04

O publicitário João Santana, responsável pela campanha presidencial de Dilma Rousseff em 2010, já procura um imóvel em São Paulo para instalar o quartel-general de onde comandará a publicidade da campanha do ex-ministro Fernando Haddad à Prefeitura paulistana.

Antes disso, porém, o marqueteiro já deu palpites ao ex-ministro sobre seu visual. Há uma semana, os dois se encontraram e Santana disse ao pré-candidato que Haddad não saiu bem em fotos publicadas recentemente pela imprensa.

Nos bastidores, petistas próximos do ex-ministro avaliam que o trabalho para construir a imagem de candidato terá como desafio a timidez de Haddad. Segundo eles, o ex-ministro manifesta essa característica não só em atos públicos, mas até em reuniões internas do partido.

Santana deve desembarcar em solo paulistano logo após o carnaval, ainda antes do fim de fevereiro, mas um funcionário seu já está à disposição do núcleo haddadista.

Cronograma. O marqueteiro se reuniu há uma semana com Haddad e colaboradores próximos, quando foi fechado o cronograma do desembarque e definidas as tarefas da pré-campanha. Segundo um petista que acompanha as negociações, o marqueteiro ainda não apresentou o orçamento do trabalho, que se estenderá pelo menos até outubro.

Entre as primeiras missões do marqueteiro estão a participação na montagem da estratégia de campanha e a construção da imagem de Haddad ao eleitorado. Para tanto, após ser apresentado aos primeiros esboços do programa de governo petista, Santana fará estudos de imagem e pesquisas qualitativas e quantitativas, que vão nortear a construção da figura do candidato.

Pesquisas feitas em 2011 pelo PT e por institutos de opinião também serão utilizadas pela equipe de marketing e pela direção partidária para traçar a estratégia de comunicação. Entre as sondagens lembradas por um aliado de Haddad estão as que mostram a influência que a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva devem ter entre os paulistanos na escolha do candidato e a liderança do PT na preferência partidária do eleitorado.

João Santana atua em campanhas do PT desde 2006. Com a publicidade sob seu comando, Lula foi reeleito naquele ano, e Dilma chegou à Presidência em 2010. Em 2008, ele foi o marqueteiro da campanha da hoje senadora Marta Suplicy (PT-SP) à Prefeitura, em que uma das propagandas levantava questões de foro íntimo em relação ao prefeito Gilberto Kassab (PSD). A peça foi criticada e, embora a tenha defendido, Santana admitiu ter cometido um erro de avaliação. Em 2012, tem a chance de se redimir da derrota de quatro anos atrás, possivelmente com Kassab alinhado ao projeto petista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.