Marina faz périplo por gabinetes de ministros do TSE

A ex-senadora Marina Silva já marcou reunião com seis dos sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a fim de tentar convencer os ministros da corte a aceitar a criação de seu partido, a Rede Sustentabilidade.

O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2013 | 02h24

Marina, cujo projeto é se lançar candidata à Presidência da República em 2014, esteve nessa quarta-feira, 25, com Laurita Vaz, relatora do processo de criação da Rede.

Seus apoiadores ainda não conseguiram reunir o número mínimo de assinaturas válidas para criar o partido. Boa parte das adesões foi descartada pelos cartórios. Marina tenta convencer os ministros do TSE a validarem assinaturas por ritos mais ágeis.

Pelas regras eleitorais, um partido precisa ser criado pelo menos um ano antes para que possa disputar uma eleição. O prazo para 2014 é 5 de outubro. A decisão da Justiça Eleitoral sobre a Rede, portanto, ficará para a última hora, pois as sessões do TSE que tratarão do tema estão marcadas para a semana que vem.

Mais conteúdo sobre:
Marina SilvaTSERede

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.