Marina combina social de Lula com economia de FHC, diz jornal britânico

Marina combina social de Lula com economia de FHC, diz jornal britânico

Reportagem do Financial Times fala sobre perfil de propostas da candidata do PSB à Presidência

Fernando Nakagawa, correspondente , Agência Estado

15 de setembro de 2014 | 10h33

Londres - A candidata do PSB à Presidência, Marina Silva, é tema de mais uma reportagem na edição impressa desta segunda-feira, 15, do jornal britânico Financial Times. Com o título "Marina Silva sacia a sede de mudança do Brasil", a publicação destaca que o comportamento "não partidário" da candidata tem "impressionado os eleitores e os investidores".

O jornal britânico destaca o fato de que Marina Silva defende políticas sociais caras ao PT e usa argumentos econômicos da órbita do PSDB. "Ela combina a consciência social de Luiz Inácio Lula da Silva com a ortodoxia econômica de Fernando Henrique Cardoso", resume o jornal. A publicação ainda chama atenção para o fato de que a educadora Maria Alice Setúbal, mais conhecida como Neca, faz parte da família controladora do maior banco brasileiro e é uma das principais assessoras da candidata.

Ao lado da reportagem, um pequeno quadro com o título "Uma candidata radical com uma visão econômica ortodoxa" lista as principais diretrizes do discurso de Marina no tema. O FT cita a defesa da inflação no centro da meta de 4,5%, autonomia do Banco Central, criação de um conselho de responsabilidade fiscal para combater a contabilidade criativa e a proposta, ainda que sem detalhes, de uma reforma do sistema tributário.

A reportagem do FT explica que a ex-ministra tem adotado discurso menos partidário e, por isso, estaria conseguido atrair eleitores - inclusive dos manifestantes que foram às ruas no ano passado. Para produzir a reportagem, o FT acompanhou a candidata durante compromissos políticos no interior do Rio Grande do Sul. Além da agenda econômica e da pauta política, o texto destaca a origem humilde e o fato de que Marina era analfabeta até a adolescência.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesMarina SilvaPSBLulaFHC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.