Marina anuncia seu posicionamento no 2º turno neste domingo

Pessoas próximas à ex-senadora acreditam que, se ela não apoiar o tucano Aécio Neves, deverá permanecer neutra para na disputa

Elizabeth Lopes, Estadão Conteúdo

11 de outubro de 2014 | 18h48

SÃO PAULO - A ex-senadora Marina Silva anuncia neste domingo, 12, às 10h30, em São Paulo, seu posicionamento neste segundo turno da corrida presidencial. No primeiro turno, a então candidata da Coligação Unidos pelo Brasil à Presidência da República ficou em terceiro lugar, atrás da presidente e candidata à reeleição pelo PT, Dilma Rousseff, e do candidato do PSDB, Aécio Neves. O seu apoio é um dos mais aguardados no cenário político, em razão dos mais de 20 milhões de votos que ela conquistou.


O anúncio de Marina será feito um dia após Aécio divulgar, em agenda de campanha no Recife, que aceita parte das bandeiras reivindicadas pela ex-senadora. Para correligionários próximos de Marina, dificilmente ela poderá apoiar Dilma Rousseff, em razão da campanha de desconstrução feita pela campanha petista no primeiro turno. A aposta é que ela anuncie apoio ao tucano Aécio Neves ou se mantenha neutra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.