Marco Maia defende comissão sem sub-relatorias

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), é contrário à criação de sub-relatorias na CPI do Cachoeira, pois corre-se o risco de perder o foco das investigações. O relator, Odair Cunha (PT-MG), e o presidente da CPI, Vital do Rêgo (PMDB-PB), manifestaram posição semelhante. "A decisão de não ter sub-relatorias deixa mais conciso o relatório e permite que o relator se conecte com todos os temas e assuntos", diz Maia. A criação das sub-relatorias é defendida pela oposição, que vê a possibilidade de tirar da base aliada o controle total sobre a comissão. Para Maia, porém, "a CPI precisa de foco e estar centrada". Ele destacou que na CPI que relatou, a do Apagão Aéreo, em 2007, não houve sub-relatorias - o relatório de Maia é até hoje criticado pela oposição, pois inocentou todos os que poderiam ser reponsabilizados pelo caos aéreo de 2006 e 2007, quando ocorreu o acidente com um Airbus da TAM, que matou 199 pessoas. / EDUARDO BRESCIANI

O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2012 | 03h01

Tudo o que sabemos sobre:
CPI do CachoeiraMarco Maia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.