Magistrado diz que não vai mandar novo ofício

O presidente do STF, Joaquim Barbosa, diz ter enviado o ofício porque o pedido de prorrogar a cessão foi feito por Ricardo Lewandowski quando estava em viagem internacional. Ele sustenta que há "conflito ético" na situação da mulher do repórter ocupar um cargo de confiança no gabinete do vice-presidente da Corte. Apesar do pedido de reconsideração a Lewandowski, Barbosa afirma que não vai encaminhar novo ofício ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal para retirar o pedido de cessão da servidora. "O pedido foi feito pelo vice-presidente, dentro de suas prerrogativas", diz Barbosa.

O Estado de S.Paulo

03 de outubro de 2013 | 02h03

Tudo o que sabemos sobre:
Joaquim BarbosaSTF

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.