Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Lula tira fotos com candidatos do PT e da base aliada

Aproximadamente 120 políticos participaram da sessão de fotografia com ex-presidente

Daiene Cardoso, da Agência Estado

30 de julho de 2012 | 12h34

Na semana em que começa o julgamento do maior escândalo da administração de Luiz Inácio Lula da Silva, conhecido como mensalão, o ex-presidente iniciou a semana reunido com os candidatos a prefeito das cidades com mais de 150 mil eleitores do País, em um hotel da zona sul da Capital paulista. Lula chegou ao local por volta das 11 horas, não falou com a imprensa e dirigiu-se para uma sessão de fonoaudiologia, antes da sessão de fotos com os candidatos do PT e dos partidos da base aliada.

Foram convidados aproximadamente 120 políticos. Além dos candidatos, dirigentes do PT e de outras siglas, como o PC do B, estão no hotel. O Instituto Lula reservou um andar para o evento e só terá acesso ao ex-presidente os assessores credenciados e os candidatos, identificados com uma pulseira vermelha. No interior do salão onde será feita a sessão de fotos, há apenas uma tela escrita ''PT 32 Anos''. Lula deve fazer uma foto em conjunto com todos os candidatos e, em seguida, fará imagens individuais para as campanhas.

O clima entre os candidatos é de tranquilidade e o assunto da semana, o mensalão, só vem à tona quando indagado pelos jornalistas. "Estamos muito focados nos problemas da cidade", disse o candidato do PSB em Aracaju, Valadares Filho, para quem o julgamento não será usado contra ele na campanha. "Não acredito que o João Alves vá colocar o mensalão na TV", desconversou, numa referência ao seu rival do DEM neste pleito.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012Lula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.