Lula suspende ida a Goiânia por temer passeata

Preocupados com eventuais manifestações hostis ao partido, líderes do PT cancelaram, na quarta-feira, a ida do ex-presidente Lula à festa dos 33 anos da legenda em Goiânia (GO).

Erich Decat, O Estado de S.Paulo

21 Junho 2013 | 02h15

O discurso de Lula estava previsto para 19h. O partido foi informado de que grupos de manifestantes sairiam pela Avenida Bandeirantes, a cerca de 9 km do Centro de Convenções, onde ele falaria. Oficialmente, o ex-presidente disse que o cancelamento se devia a compromissos em São Paulo e à preparação de nova viagem à África. Procurados pelo Broadcast Político, dirigentes do PT em Goiás disseram ter sido informados pelo Instituto Lula de que um dos motivos seria evitar manifestações contra o partido. Um dos líderes do PT no Estado, Donisete Pereira, lamentou o adiamento. Ainda não foi marcada a data para a festa.

Mais conteúdo sobre:
protesto protestos manifestação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.