Lula reafirma que 'não é candidato a nada'

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje, no café da manhã com jornalistas, que "não é candidato a nada". Ele reafirmou que não há hipótese de reeleição e que não trabalha, também, com a hipótese "absurda" sugerida por alguns companheiros de voltar em 2014. "Juscelino (ex-presidente Juscelino Kubitschek) achou que voltava e não voltou", lembrou Lula, para quem ex-presidente não deve torcer nem dar palpites. "Ex-presidente deve ficar calado. Só falar quando for chamado. Todo ex-presidente tem muito telhado de vidro", afirmou Lula.Lula disse, também, que "jamais" se candidatará ao Senado e que "jamais" voltará ao Parlamento. "O presidente tem que ter a noção exata do cargo que exerceu. Não pode ficar por aí disputando cargo", afirmou. Lula disse que "tem gente demais querendo o cargo de presidente." "Todo mundo quer ser presidente. Dizem que envelhece, é espinhoso, deixa o cabelo branco, mas todo mundo quer. E quem está aqui não quer sair", afirmou. Lula ressaltou que "faz bem à democracia" o rodízio de pessoas na Presidência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.