Lula quer Marta presente na campanha de Haddad

Ex-presidente acredita que a senadora daria um 'empurrão' à candidatura do petista

José Maria Tomazela, de O Estado de S. Paulo

23 de agosto de 2012 | 18h09

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará uma última tentativa para convencer a senadora Marta Suplicy (PT-SP) a entrar na campanha do ex-ministro Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo. Lula colocou sua agenda à disposição da senadora para um encontro na próxima semana - dia e horário ainda dependem da agenda de Marta, que ocupa a vice-presidência do Senado.  A ex-prefeita tem resistido a apoiar Haddad desde que foi preterida na escolha do candidato do PT à Prefeitura da capital paulista. O ex-presidente está convencido de que ela pode ser o empurrão de que a candidatura petista precisa para subir nas pesquisas e chegar ao segundo turno. Ele quer a presença física de Marta na campanha, de preferência em evento público.

Na avaliação de Lula, parte do eleitorado do PT em São Paulo mantém laços de fidelidade com a ex-prefeita. O próprio Haddad fez questão de dizer que incluiu em seu programa de governo algumas ações bem sucedidas da gestão de Marta, como o bilhete único. Nesta quinta-feira, 23, Lula recebeu em seu gabinete, no Instituto Lula, o ex-marido da senadora, o empresário Luis Favre, e voltou a falar do seu interesse em ter Marta na campanha. Favre estava acompanhado de Valdemir Garreta, que foi secretário de Comunicação na gestão da petista na Prefeitura de São Paulo. Após o encontro, eles disseram que tinham feito uma visita de cortesia a Lula e tratado de assuntos diversos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.