Lula participará de propaganda eleitoral em Recife

Lula relutou em gravar o depoimento para não melindrar o deputado Carlos Eduardo Cadoca (PSC)

Vera Rosa, da Agência Estado,

08 de setembro de 2008 | 21h33

Depois de prestigiar a candidata do PT à Prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai aparecer na propaganda eleitoral do petista João da Costa, que disputa a sucessão do prefeito João Paulo Lima e Silva, em Recife, e está em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto. Lula relutou em gravar o depoimento para não melindrar o deputado Carlos Eduardo Cadoca (PSC) - que também concorre à Prefeitura da capital pernambucana e integra um partido da base aliada -, mas acabou cedendo à pressão do PT na semana passada. Antes de gravar, porém, o presidente ligou para Cadoca, que ocupa o terceiro lugar na preferência do eleitorado, bem atrás de Mendonça Filho, do DEM. Não foi só: convencido de que o time dos aliados ressentidos pode crescer depois das eleições, Lula chamou o deputado para tomar um café na tarde desta segunda-feira, no Palácio do Planalto. "Eu disse ao presidente que não se preocupasse, porque sei que não dá para ter unidade da base aliada, em Recife, no primeiro turno", afirmou Cadoca. "Falei que ele havia tido zelo político e elegância ao me avisar da gravação, portanto estava liberado para fazer campanha para o candidato do PT."

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.