Lula não subirá em palanque onde disputa é entre aliados

Lula tentou tranqüilizar ministros de que não se envolverá nas disputas de Salvador e Porto Alegre

Leonencio Nossa, de O Estado de S.Paulo

08 de outubro de 2008 | 15h44

Na parte política da reunião do grupo de Coordenação Política, realizada nesta manhã no Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva informou que não subirá, durante o segundo turno, em palanque de cidades onde a disputa é entre os candidatos da base aliada. Segundo fontes do Planalto, Lula tentou tranqüilizar ministros da área política de que não se envolverá nas disputas de Salvador e Porto Alegre, onde o PT disputa o segundo turno com o PMDB, nem no Rio de Janeiro, onde o PMDB disputa com o PV.  Veja Também:Geografia do voto: desempenho dos partidos nas últimas eleições  Eu prometo: Veja as promessas de campanha dos candidatos  Mapa: a disputa nas capitais   O grupo da coordenação avaliou, segundo essas fontes, que a eleição no primeiro turno foi "muito boa" para os partidos da base governista que conseguiram vitória em cidades importantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.