Lula diz que vai esperar decisão do PT sobre alianças

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva esquivou-se de comentar as eleições em evento realizado hoje em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, e disse que vai esperar o PT decidir sobre as alianças no segundo turno. Ante a pergunta dos jornalistas sobre sua posição em relação às eleições no Rio de Janeiro, Lula apenas comentou que iria acompanhar a decisão do partido. "Acabou esta primeira fase. Agora vem uma segunda etapa e vou esperar a decisão do partido para fazer as alianças. Se tiver que fazer campanha eu vou fazer."Ele ainda se esquivou de comentar sobre a possibilidade de a candidata Marta Suplicy (PT), da coligação "Uma Nova Atitude para São Paulo" (PT-PCdoB-PDT-PTN-PRB-PSB), à Prefeitura de São Paulo conseguir virar o jogo sobre o candidato Gilberto Kassab (DEM), da "São Paulo no Rumo Certo" (DEM-PR-PMDB-PRP-PV-PSC), no segundo turno. "Não me peçam para responder sobre isso", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.