Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Leite vai se reunir com Temer e avança na ‘campanha paralela’ pela terceira via

Ex-governador gaúcho vai se encontrar com ex-presidente no momento em que tenta se cacifar como opção na corrida presidencial

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2022 | 20h27

Quatro dias após o rompimento do ex-governador João Doria com o presidente do PSDB, Bruno Araújo, o ex-governador Eduardo Leite vai se reunir em São Paulo nesta terça-feira, 19, com o ex-presidente Michel Temer (MDB) no momento em que intensifica uma campanha paralela para se viabilizar como opção dos partidos da chamada terceira via na corrida presidencial.

Derrotado por Doria nas prévias tucanas do ano passado, Leite também vai se reunir com Raquel Lyra, pré-candidata do PSDB ao governo de Pernambuco e no dia 20 iniciar um giro pelo Brasil.

O roteiro do ex-governador vai começar pelo Ceará, Estado do senador Tasso Jereissati, que é aliado de Leite. Em seguida, o tucano gaúcho vai para Pernambuco - Estado de Bruno Araújo - Rio de Janeiro, onde Rodrigo Maia comanda a sigla, e por Mato Grosso do Sul.

"Eduardo hoje é uma liderança Nacional do PSDB, portanto é totalmente legítimo que ele rode o País, principalmente neste momento em que a candidatura do Doria sofre tanta resistência e questionamentos sobre sua viabilidade", disse Orlando Faria, um dos articuladores do grupo do ex-governador do Rio Grande do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.