Kertész une governo federal e ACM na TV

Disposto a mostrar que pode unir ideais de dois antagonistas em Salvador, ACM Neto (DEM) e Nelson Pelegrino (PT), o candidato Mário Kertész, do PMDB, uniu a imagem do senador ACM, morto em 2007, e do Planalto na campanha na TV. Michel Temer representou o Planalto, dizendo que os projetos de Kertész "estão conectados com o Brasil". ACM foi citado: "(Kertész) foi secretário (de Planejamento) de ACM". / TIAGO DÉCIMO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.