Kassab rebate críticas de Marta sobre AMAs de lata

Prefeito afirma que as AMAs atendem 1,2 milhão de pessoas por mês e que contam com aprovação de 85%

Anne Warth, da Agência Estado

12 de setembro de 2008 | 16h33

O prefeito e candidato à reeleição, Gilberto Kassab (DEM), rebateu em nota as críticas a respeito das Assistências Médias Ambulatoriais (AMAs) de lata dos bairros da Penha, Brasilândia e Jardim Helena, feitas nessa manhã e na última noite, após debate da TV Bandeirantes, pela candidata do PT à Prefeitura, Marta Suplicy.   Veja Também:   Especial: Perfil dos candidatos Blog: veja os destaques do debate da TV Bandeirantes Vereador digital: Conheça os candidatos à Câmara de SP  Tire suas dúvidas sobre as eleições de outubro   "As unidades a que Marta se refere foram construídas com tecnologia de ponta, a mesma utilizada na construção naval, contam com ar condicionado e o mesmo conforto oferecido em hospitais particulares", diz a nota.   "Marta, que nada fez pela saúde dos moradores da Penha, da Brasilândia e do Jardim Helena, agora critica uma ação de Kassab que leva serviço médico de qualidade a essas regiões", acrescenta o texto. O prefeito afirma que as AMAs atendem 1,2 milhão de pessoas por mês e que contam com aprovação de 85%, segundo o Ibope.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.